Se você não conseguir visualizar esta mensagem, clique aqui.

 

05 de setembro de 2011  

O crescimento da cena independente faz com que artistas de diferentes estilos se encontrem em São Paulo, fazendo da cidade a nova meca musical. A Nova Geração SP é a matéria de capa da edição de número 10 da Revista UBC, que também aborda o trabalho de alguns nomes desta cena, como Rômulo Fróes, Céu, Lulina, Blubell, Curumin e Anelis Assumpção.

Nesta edição, você vai saber mais como funciona a gestão dos direitos autorais quando sua obra é executada no exterior e sobre a arrecadação dos direitos autorais nas mídias digitais, desvendando alguns mitos.

Vale a pena conferir a entrevista com Carlos Rennó e conhecer o trabalho do Plínio Profeta, o nome por trás do Studio SP, que abre filial no RJ neste mês. E há, ainda, uma homenagem a Bidú Reis, cantora e compositora que deixou uma herança musical por uma trajetória de 91 anos ligada à arte.

Também tem novidades e lançamentos musicais, notícias internacionais e o que muda no texto do anteprojeto que modifica a Lei de Direito Autoral.

Clique aqui para ler a nova edição da revista.

 

Uma importante vitória para os titulares de direitos autorais foi conquistada na semana passada. O STJ pacificou o entendimento entre as suas Turmas Julgadoras assegurando ser devida a cobrança de direitos autorais aos hotéis que utilizam rádio e/ou televisão em seus quartos. A decisão foi publicada no dia 30/08 e passa a orientar todas as questões judiciais sobre a matéria que tramitam no STJ.

Oferecer a comodidade de TV ou rádio nos quartos ajuda os hotéis a captar clientes. Além disso, os quartos de hotel são locais de frequência coletiva, como já foi estabelecido em jurisprudência do STJ, o que enquadraria o uso destes aparelhos como execução pública de obras musicais, passível de cobrança de direitos autorais pelo Ecad.

Vale ressaltar que a renda gerada por esta cobrança compõe o segmento de usuários gerais do Ecad, em conjunto com a arrecadação em shoppings, redes de lojas, supermercados e academias, entre outros. Este segmento é uma renda importante para os titulares de direito autorais e representou no ano passado 35,32% da arrecadação total do escritório.

Para ler o acórdão na íntegra, clique aqui.


 

O projeto Mário Lago - Homem do Século XX dá mais um passo nas comemorações do centenário do artista. Em agosto, foi lançado o site com informações sobre o homenageado com biografia, cronologia, álbum de fotos e registros antigos. Além de informações sobre as comemorações, como a programação do centenário, depoimentos recentes, vídeos das ações em curso e espaço para artigos e posts.

Também serão disponibilizados textos inéditos de Mário Lago. Toda segunda-feira, o visitante encontrará um novo documento. Para a estreia foi divulgado o livro autobiográfico "Meus Tempos de Moleque", último do artista. Em cada capítulo, Mário narra um episódio curioso da sua trajetória. Os visitantes também serão presenteados com a reprodução do primeiro livro de Mário Lago – "O Povo Escreve a História nas Paredes". Escrito em 1948, reúne poemas políticos que abordam temas como o direito à terra, a defesa dos trabalhadores, a luta em defesa do petróleo brasileiro, entre outros. O livro inclui, ainda, paródias do próprio Mário para algumas de suas músicas mais famosas, como "Amélia".

Clique aqui para acessar o site e siga o twitter do projeto @mariolago100.
www.mariolago.com.br


 

Você pode assistir até o dia 16 de setembro o conteúdo integral do encontro Entendendo o Direito Autoral pela internet. O evento foi promovido em São Paulo no dia 16 de agosto pelo Ecad e sua Comissão de Artistas com o objetivo de expor os critérios e as regras de distribuição e arrecadação dos direitos autorais de execução pública de música, e como a inovação tecnológica contribui para este trabalho.

Para assistir basta clicar no local indicado e, em seguida, digitar os dados solicitados. As apresentações dos palestrantes, em PDF, também estão disponíveis para download.

Clique aqui para assistir o vídeo e ter mais informações sobre o evento.

 

 

No último dia 30, no XXXI Congresso Internacional da Propriedade Intelectual, da ABPI, no qual a UBC foi participante, o anteprojeto de lei de direitos autorais foi objeto de discussão.

No encontro estiveram presentes a Diretora de Direitos Intelectuais do Ministério da Cultura, Dra. Marcia Regina Barbosa Moreira, que em sua exposição informou que o texto final do anteprojeto, em fase final de avaliação pelo GIPI - Grupo Interministerial da Propriedade Intelectual, será remetido à Casa Civil até o final do mês de setembro.

Participaram da mesma sessão plenária o Dr. Claudio Lins (Fundação Roberto Marinho), o autor e repórter da TV Globo Edney Silvestre e o Ministro do STJ Sidnei Bennetti. O Ministro Sidnei Bennetti, manifestou sua preocupação com relação a alteração da Lei de Direitos Autorais e solicitou ao Ministério da Cultura, que as mudanças sejam mínimas, a fim de evitar prejuízo à jurisprudência construída em favor dos criadores.

 

Para garantir que nossos comunicados cheguem em sua caixa de entrada,
adicione o e-mail comunicacao@ubc.org.br ao seu catálogo de endereços.

A UBC respeita a sua privacidade e é contra o spam na rede.
Se você não deseja mais receber nossos comunicados,
envie um e-mail informando para comunicacao@ubc.org.br.

© Todos os direitos reservados.