No

cias

Notícias

Distribuições extras de direitos autorais de TV e Rio 2016
Publicado em: 06/07/2017

Imagem da notícia

O valor arrecadado da sonorização musical dos espaços de atividades dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 foi distribuído em junho

Do Rio

Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 trouxeram muita emoção e orgulho para os brasileiros no ano passado. Em junho, os artistas e demais titulares de direitos autorais de música receberam os valores de execução pública da sonorização de três locais de atividades do evento: arenas de competição, trajetos por onde a tocha olímpica passou e casas temáticas dos países e patrocinadores. A distribuição é indireta e o rol de execuções foi composto por informações enviadas pelos usuários e gravações por amostragem estatística nestes locais. A distribuição de show das cerimônias de abertura e encerramento foi realizada em novembro de 2016.

Acordo com a Vivo TV
A operadora de TV por assinatura Vivo TV fechou em 2015 acordo de pagamento de direitos autorais de execução pública musical no total de R$ 106 milhões relativo ao período de janeiro de 1994 a março de 2015. A empresa hoje é junção de outras duas: TVA e Telefônica. Já foram feitas cinco distribuições deste acordo nos dois últimos anos. Em julho, será distribuído o valor pago de R$ 21,6 milhões para as músicas executadas entre 1994 e 2013.

Mais uma parcela do acordo com TV Band
Também será distribuído nesse mês o valor pago de R$ 4,1 milhões da TV Bandeirantes referente ao período de janeiro a junho de 2015. No início do ano, foi firmado acordo de pagamento no valor de R$17,2 milhões referente aos períodos de julho a setembro de 2014 e janeiro a junho de 2015, que estão sendo distribuídos à medida que as parcelas do acordo estão sendo quitadas pela emissora de TV Aberta.

Valores extras da Record
Em julho, também será distribuído o valor de R$ 3,4 milhões às músicas executadas entre julho de 2016 e julho de 2017 na TV Record.

Mudança no calendário de Streaming
Como já foi informado nas redes sociais da UBC, o calendário de distribuição dos valores pagos pelas plataformas de Streaming, como Deezer e Spotify, mudou. Agora os meses de distribuição são fevereiro, maio, agosto e novembro. Saiba mais acessando nosso calendário.

 

 



Voltar