No

cias

Notícias

UBC recebe selo IGUAL de protagonismo feminino
Publicado em 13/06/2022

Com ações que almejam a equidade de gênero no mercado musical, a associação ganha reconhecimento do selo do WME 

Por Akemy Morimoto, do Rio 

Em outubro do ano passado, a Women’s Music Event (WME), plataforma que atua ativamente para aumentar o protagonismo das mulheres na música, lançou o selo IGUAL. A iniciativa tem como objetivo estimular a equidade de gênero em line-ups e equipes de empreendimentos musicais por todo o Brasil. Nesta segunda-feira (13), a UBC se junta a lista das instituições reconhecidas pelo selo pelas diversas iniciativas que estimulam a representatividade feminina no mercado musical. 
 
Com mais de 58% do quadro total de funcionários composto por mulheres, a UBC enxerga que possui a responsabilidade e o potencial necessário para colaborar com a mudança do cenário no mercado musical. Desde então, diversas iniciativas foram tomadas para valorizar o papel da mulher na música. Em março, foi lançada a quinta edição do relatório “Por Elas Que Fazem A Música”, um levantamento pioneiro que mostra a participação da mulher no mercado musical. Ainda no terceiro mês de 2022, a associação lançou a websérie “Cantautoras”, junto com a Amazon Music, com o objetivo de valorizar as compositoras brasileiras. Neste mês, no dia 22, o Troféu Tradições UBC irá homenagear a diva do carimbó chamegado, Dona Onete. em uma celebração no Theatro da Paz, em Belém, que conta com transmissão ao vivo no Youtube da UBC, às 20h30. 

"Estamos muito felizes por mais essa conquista. O compromisso da UBC com a igualdade de gêneros já é reconhecido pelo mercado há alguns anos através do relatório Por Elas que Fazem a Música e diversas outras ações inclusivas na indústria musical. O Selo Igual chega para reafirmar que nosso compromisso vai além de fomentar o debate, ele é real e começa de dentro para fora”, conta a coordenadora de Comunicação da UBC, Mila Ventura. 

Ano passado, 11 iniciativas da música receberam a primeira leva do selo, entre elas, a casa noturna Heavy House, os festivais Se Rasgum, Coquetel Molotov, Sarará e Bananada e a conferência Sim São Paulo. Nesta segunda-feira (13), o WME anuncia 21 novas iniciativas contempladas com o selo IGUAL. Além da UBC, empresas como a agência de influência digital Mynd8, a plataforma HerVolution e a casa de shows Casa Natura Musical também foram reconhecidas. 

O selo IGUAL chega para se somar aos demais projetos de WME, que além do WME Awards By Music2! promove anualmente a WME Conference, evento voltado para a formação, aprendizado e networking de mulheres que já impactou cerca de 10 milhões de pessoas em sua história e gera, a cada ano, cerca de 300 empregos diretos e indiretos.  

Nesta semana, a UBC também marca presença na quinta edição do WME Conference, conferência que promove o debate sobre o mercado a partir da ótica feminina por meio de painéis, oficinas, masterclasses, shows e pitches e o Banco de Profissionais WME, que acontece em São Paulo, entre os dias 18 e 20 de junho. 
 

LEIA MAIS: Pesquisa: menos de 5% dos cargos executivos da música são ocupados por negros
 


 

 



Voltar