No

cias

Notícias

Impulso 2.0: Confira os 5 vencedores
Publicado em 25/07/2022

Imagem da notícia

Após mais de mil inscritos para primeira fase, mentorias exclusivas e experiência gamificada, foram selecionados os cinco nomes que receberão prêmios para ter suas carreiras musicais alavancadas 

Do Rio 

Começar uma carreira na música já é um desafio e tanto. Dar seguimento a ela e fazer as melhores escolhas que lhe garantam longevidade e sustentabilidade são muito mais difíceis. Para ajudar nossos associados a trabalhar aspectos artísticos e de gestão, a UBC lançou a segunda edição do Projeto Impulso em parceria com a fintech Noodle. Após duas fases com materiais exclusivos, quizzes, mentorias e análise de funcionários e parceiros da UBC de todas as regiões do Brasil, foram selecionados os cinco artistas que ganharão diversos prêmios para acelerar suas carreiras. Confira os cinco impulsionados clicando aqui. 

Entre as prêmiações, os vencedores poderão contar com diagnóstico e planejamento com Iuri Freiberg, orientador do projeto; participação em song camp; entrevista na Rádio Nova Brasil para falar sobre trajetória e carreira; duas mentorias individuais com cada mentor, totalizando 16 mentorias por artista impulsionado; um possível financiamento da fintech Noodle; entre outras. 

Além da pontuação e da participação na Fase 1 e 2, os artistas também tiveram que enviar um video pitching utilizando os aprendizados que obtiveram no Impulso 2.0. Com base em diversos critérios, que iam de análise artística à viabilidade do projeto apresentado, funcionários e colaboradores da UBC de todas as regiões do Brasil analisaram individualmente cerca de 100 participantes. Um trabalho de extrema responsabilidade, que exigiu atenção e cuidado. 

“Foi muito difícil chegar aos cinco nomes finais, pois recebemos pitchings maravilhosos e a seleção de artistas era muito boa. Contamos com 14 pessoas neste processo de votação, envolvendo todas as filiais da UBC pelo Brasil, avaliando não só a viabilidade do projeto apresentado no pitching, como critérios artísticos e potenciais de melhora com o Impulso”, afirma a coordenadora de Novos Negócios da UBC, Vanessa Schutt. 

Para o orientador da iniciativa, Iuri Freiberger, o Impulso foi uma ferramenta de autogestão e autoconhecimento para os artistas, que gerará bons frutos: 

”Propomos um sistema em que cada participante deveria se envolver com o conhecimento, sem necessariamente estarmos temporalmente sincronizados explicando os assuntos sobre o mercado da música, ricamente apresentado pela equipe da UBC e pelas mentorias gravadas. Tenho certeza absoluta que o cruzamento entre arte e empreendedorismo no mercado criativo terá um novo case com o Impulso 2.0 e suas e seus artistas!” 

A comissão julgadora ficou responsável por analisar pontos como: critérios artísticos; potencial de melhora do patamar de arrecadação do artista, durante o período de vigência do Projeto Impulso; potencial de melhora das condições de sustentabilidade do artista; capacidade de comunicação eficaz; viabilidade do projeto proposto; inteligência estratégica do projeto proposto; clareza em relação à proposição do projeto; e projeção de uso dos recursos. Além disso, a comissão também obteve uma análise inclusiva, para que a seleção contasse com a diversidade cultural e racial do território brasileiro. 

Antes da etapa final do Impulso, os artistas participaram de duas fases. A Fase 1, que contou com mais de mil inscritos, foi aberta a todos os interessados em obter conhecimentos sobre mercado musical, finanças e direito autoral, em uma experiência gamificada. Os 100 artistas que obtiveram maior pontuação e participação avançaram para a Fase 2. Nela, eles receberam 13 mentorias coletivas com profissionais renomados do mercado musical. 

Cumprindo com as normas do edital, foram selecionados também dois artistas suplentes. Os nomes estão disponível no site oficial do Projeto Impulso. 

LEIA MAIS: UBC lança a segunda edição do Projeto Impulso 

LEIA MAIS: Segunda edição da UBC Jam celebra a música independente 


 

 



Voltar