No

cias

Notícias

Sandra de Sá celebra 40 anos de carreira e lança selo próprio
Publicado em: 04/09/2020

Imagem da notícia

The Sá Música ajudará a gerir as carreiras de novos artistas, a maioria da "música preta brasileira", e primeiro lançamento, nesta sexta (4), é um projeto dedicado à Amazônia

Por Fabiane Pereira, do Rio

A cantora, compositora e produtora musical Sandra de Sá é uma criatura atenta e inquieta, e sua longa e frutífera carreira comprova isso. Em 2020, Sandra celebra 40 anos de estrada, com status de diva da soul music e uma das mais importantes militantes da música preta brasileira. A artista, celebrada por seus veteranos e pela nova geração, resolveu mais uma vez empreender e lançar nesta sexta, 4 de setembro, seu próprio selo, o The Sá Música, com a intenção de ampliar as oportunidades no mercado para artistas novos.

“O selo nasceu da necessidade. Eu produzi por quase dez anos um sarau que tinha como premissa incentivar jovens artistas. Era microfone aberto. Começou dentro de casa, foi ocupando lugares pequenos, o tempo foi passando, e o sarau cresceu, com temporadas em grandes espaços da cidade (do Rio de Janeiro). De tanto assistir a novos artistas, eu comecei a me encantar com o trabalho deles. Era difícil acreditar que tanta gente talentosa ainda não estava inserida no mercado, estava batendo cabeça pra conseguir sobreviver de música. Daí comecei a produzir esses artistas, gravar singles, mas as faixas ficavam sem circulação, não conseguíamos escoar. Amigos me incentivaram a abrir um selo. Daí surgiu o The Sá Música,” detalha Sandra, diretora artística do projeto.

Sandra percebeu, através da própria experiência, que há muitas lacunas na cadeia produtiva da música. Por isso, se associou a Simone Malafaia, diretora de produção, e Carla Bastos, diretora de comunicação, na criação do selo. Juntas, convidaram Viny Coutinho para ser o produtor executivo do projeto. “O The Sá Música vai gerenciar carreiras e fazer a direção e a produção musical. Cada artista tem um modelo de negócio firmado com a gente”, explica Simone. “A ideia é gerar conteúdo audiovisual, capacitar artistas em suas carreiras, produzir diversos formatos de shows e distribuir os artistas”, completa.

Em parceria com outras empresas atuantes no mercado, Sandra quer inovar e facilitar a cadeia cultural para o artista novo. O cast já conta com oito artistas de diferentes vertentes sociais, vocais e de gênero, demonstrando toda a pluralidade cultural que será contemplada. “Não tem essa de estilo musical, não. No The Sá Música, todos os estilos da música preta brasileira serão contemplados, e eu chamo de música preta brasileira tudo que é produzido em território nacional”, conta Sandra, entusiasmada. “Por acaso, 95% dos artistas do selo são negros, mas quem não é também é bem-vindo”, completa Simone.

O The Sa Música compreende estúdio, parcerias para gestão de carreiras, empresariamento artístico e marketing. “Plantar sementes para um futuro e juntar gente cheia de asas” é o lema do selo, e, num momento tão difícil para a cultura, Sandra acredita que um projeto assim é sinal de resistência. “Não seremos derrubados na brutalidade. A arte é ferramenta de transformação e vai transformar toda a força retrógrada”, completa.

Sandra, Simone e Carla vão também se unir a causas importantes, como o alerta contra a acelerada devastação da Amazônia no último biênio. Nesta sexta, Sandra lança nas redes o single e o clipe de “Natureza Ainda”, uma parceria inédita composta por Simone Malafaia, Jorge de Sá, Leo Piloto e Shess. A escolha da data de lançamento não foi por acaso. No dia seguinte, 5 de setembro, comemora-se o Dia da Amazônia.

Oito projetos musicais do selo participam da faixa: Simone Malafaia, Filhos de Sá, Soul de Br, As Bee, Santa Planta, Dany Black, Nanda Fellyx e Nickoly Ribeiro. Tanta gente tem um motivo: a música é mais do que um single, é um chamado, um alerta. São várias novas vozes propagando a esperança de que é preciso plantar sementes.

“Todo lançamento do The Sá Música será associado a uma causa. E esta é a primeira causa que estamos abraçando: a causa da Amazônia. Faremos uma live nesta sexta, às 17h17, após o lançamento do clipe da música “Natureza Ainda”, no YouTube do selo. Esta live também vai gerar um QR Code direcionando doações para a ONG Conexão do Bem”, explica Simone.

O clipe estará disponível no canal The Sá Musica do YouTube a partir de meio-dia de sexta (4) e foi parcialmente gravado na Amazônia. Outra parte ganhou vida num estúdio do Rio, com a coprodução de Hinaje Filmes & Canoa Filmes.


 

 



Voltar