No

cias

Notícias

UBC é reeleita para Diretoria da Cisac por mais 3 anos
Publicado em: 06/06/2016

Jean Michel Jarre, pioneiro da música eletrônica, é reeleito como Presidente

O diretor geral Gadi Oron, o presidente Jean-Michel Jarre, os vice-presidentes Angélique Kidjo e Jia Zhang-ke, e o representante da diretoria Eric Baptiste

A Confederação Internacional de Sociedades de Autores e Compositores, Cisac, anunciou hoje o resultado das eleições para Presidente, Vice-presidentes e Diretoria que ocorreram no último dia 3 de junho durante a Assembleia Geral de 2016. O encontro, que marcou também o aniversário de 90 anos da organização, ocorreu em Paris, berço da gestão coletiva de direitos autorais e reuniu mais de 250 representantes de associações de autores de todo o mundo.

A Diretoria da Cisac, eleita a cada 3 anos, é composta por 20 sociedades responsáveis por governar, tomar decisões e autorizar ações que estejam de acordo com os objetivos da organização. Representando autores de todo o mundo e os mais diversos repertórios artísticos, a nova diretoria da Cisac é composta pelas seguintes sociedades: APRA (Austrália), ARTISJUS (Hungria), ASCAP (E.U.A.), Bildupphovsrätt (Suécia), BMI (E.U.A.), GEMA (Alemanha), JASRAC (Japão), LIRA (Holanda), ONDA (Algéria), PRS for Music (Reino Unido), SACD (França), SACEM (França), SACM (México), SADAIC (Argentina), SAMRO (África do Sul), SGAE (Espanha), SIAE (Itália), SOCAN (Canadá), UBC (Brasil) e VEGAP (Espanha).

A União Brasileira de Compositores, que tem uma longa história de luta e pioneirismo em defesa dos interesses da classe artística, foi reeleita pela terceira vez consecutiva e é a única sociedade brasileira que participa deste seleto grupo dirigente. A UBC será representada por seu Diretor Executivo, Marcelo Castello Branco, que também faz parte do ECG (Comitê Executivo de Governança) da Cisac, do qual participam apenas dez sociedades selecionadas de todo o mundo e tem o principal objetivo de orientar a Diretoria em questões estratégicas. 


Representantes de diversas sociedades se reuniram no salão Wagran em Paris

Pioneiro da música eletrônica, compositor e produtor, Jean-Michel Jarre foi reeleito como Presidente para um mandato de 3 anos. Três dos atuais vice-presidentes da Cisac também foram reeleitos: a cantora e compositora ganhadora do Grammy Angélique Kidjo de Benin; o diretor de cinema internacionalmente famoso Marcelo Piñeyro e o celebrado escultor senegalês Ousmane Sow. A Confederação anunciou também a eleição do diretor chinês, roteirista e produtor Jia Zhang-ke como Vice-presidente.

A CISAC foi fundada em 1926 em Paris por um pequeno grupo de sociedades com um objetivo e um modelo em comum, representar os interesses dos autores e a fazer a gestão coletiva de direitos autorais. Noventa anos mais tarde, a Cisac se tornou a mais importante rede global de sociedades de autores, com 230 membros representando mais de quatro milhões de criadores de diversas áreas das artes: música, audiovisual, drama, literatura e artes visuais. 


 

 



Voltar