No

cias

Notícias

UBC lança iniciativas pela igualdade de gênero na música
Publicado em 01/03/2021

Além da edição 2021 do relatório anual Por Elas Que Fazem a Música, associação promoverá pesquisa e debates com grandes nomes do mercado

Do Rio 

Num mês que, cada vez mais nos últimos anos, vem sendo dedicado à reflexão sobre a igualdade de gênero no mundo, a UBC lança mais uma edição do seu relatório anual Por Elas Que Fazem a Música, sobre a participação da mulher no quadro de associados e nas distribuições de direitos de execução pública. Dada a relevância da nossa associação, é um retrato que espelha a situação feminina no mercado musical como um todo. 

Para além de recolher os dados, referentes ao ano passado, e apresentá-los na próxima segunda-feira, Dia Internacional da Mulher, também promoveremos uma série de debates em redes com artistas e especialistas com propostas criativas para alcançar a necessária paridade. E, pela primeira vez, a UBC fará uma pesquisa direta com as profissionais da música para melhorar a base de dados com informações mais detalhadas sobre elas. 

“Mulheres são destaque no setor musical. Um setor que já foi muito masculino. É muito importante que a UBC nos traga a real participação delas na música. Grande estrelas femininas impressionam por seus feitos em número de público e alcance das suas obras. Fico extremamente feliz e motivada com os acontecimentos”, diz Paula Lima, diretora da UBC. 

Ao longo da próxima semana, convidadas especiais debaterão as formas de trazer mais mulheres para o mercado formal, permitindo-lhes ganhar nova voz como criadoras, produtoras, arranjadoras, e não só como cantoras, onde já ocupam bastante destaque. Os bate-papos serão transmitidos pelo Instagram da UBC e divulgados antecipadamente, para que você também possa participar.

“O objetivo maior, tanto do relatório quanto dos debates que promovemos, é levantar uma discussão sobre a disparidade tão grande entre homens e mulheres. Queremos incentivar as mulheres a realizarem mais trocas, olhando para o passado e refletindo sobre o futuro. O quadro avança devagar, como esperado, mas já podemos notar melhoras nos números em relação às últimas edições da pesquisa. Vamos continuar juntas, dando maior visibilidade a esta causa. E este ano tivemos a ideia de ampliar nosso relatório através de um questionário, uma pesquisa que buscará dados mais aprofundados para a base da UBC”, afirma Vanessa Schütt, responsável pela Comunicação da associação. 

Fique ligado(a) nos nossos canais informativos e, no próximo dia 8, confira a edição 2021 (com dados de 2020) do relatório Por Elas Que Fazem a Música.

LEIA MAIS: Plataforma criada por soprano brasileira dá protagonismo a compositoras

VEJA MAIS: Por Elas Que Fazem a Música + Papo de Música, juntos pela igualdade de gênero


 

 



Voltar