No

cias

Notícias

Mais de 30 artistas se unem em defesa da Amazônia
Publicado em 06/09/2021

Imagem da notícia

Foto: Reprodução/Site "Voz da Floresta"

Caetano Veloso, Gilberto Gil, Iza e Criolo são parte do grande elenco reunido na canção de Nando Reis e Carlos Rennó

Do Rio

Mais do que artistas da música, cantores são também grandes influências para levantar pautas, sejam sociais, políticas ou ambientais. Com o objetivo de enaltecer a necessidade de proteger a Amazônia, Nando Reis e Carlos Rennó escreveram “Canção Pra Amazônia”, projeto da ONG Greenpeace. O manifesto poético-musical em vídeo em defesa da maior floresta tropical do mundo, conta com a interpretação de mais de 30 nomes da música nacional e busca conscientizar a sociedade sobre a necessidade de preservar a natureza.

Vítima de garimpeiros, grileiros, madeireiros, invasores e de políticas públicas pouco eficazes, o maior patrimônio natural brasileiro está cada dia mais ameaçado. Em junho deste ano, foi registrado recorde de focos de calor na floresta nos últimos 14 anos. No ano passado, os conflitos no campo reforçaram o retrocesso na região ao atingir o ápice desde 1986. Na tentativa de proteger o patrimônio natural brasileira, Nando Reis e Carlos Rennó convocaram um time de artistas para o projeto “Canção Pra Amazônia”.

“Amazônia!/ Razão de tanta insânia e tanta insônia!/ Amazônia!/ Objeto de omissão e ação errônea!/ Amazônia!" (Canção Pra Amazônia)

Nomes como Agnes Nunes, Anavitória, Vitão, Iza, Gaby Amarantos, Duda Beat, Criolo, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Maria Bethânia e Milton Nascimento fazem parte do elenco da música, que estreou ontem, na edição do programa televisivo Fantástico. Além da grande quantidade de intérpretes, a canção possui mais de 10 minutos de duração. O combo de letra incisiva, clipe com cenas reais da destruição da Amazônia e artistas de estilos e gerações diferentes torna a manifestação ainda mais emocionante. 

"Artistas se comunicam com muita gente. São importantes para espalhar essa mensagem e cooptar as pessoas para essa causa fundamental", conta Nando Reis para o Fantástico.


 

LEIA MAIS: Gaby Amarantos lança seu primeiro disco autoral

LEIA MAIS: A riqueza mais importante (e sustentável) a explorar na Amazônia


 

 



Voltar